Curiosidades

Top 5 curiosidades para quem ama viajar

1 – A maior…

…cordilheira: Cordilheira dos Andes, na América do Sul, com 8 mil quilômetros.
…ilha: Groenlândia, com 2.175.600 km².
…montanha: Mauna Kea, no Havaí, tem 10.203 metros de altura a partir do fundo do oceano Pacífico. Se for considerado apenas o pedaço que fica acima do nível do mar, a montanha soma 4.205 metros.
…queda d’água: Angel, na Venezuela, com 979 metros de altura.

2 – O lugar mais…

…alto: Monte Everest, no Himalaia, fronteira entre Nepal e Tibete, 8.850 metros acima do nível do mar.
…baixo: Mar Morto, entre Israel e Jordânia. A superfície da água está 396 metros abaixo do nível do mar.
…frio: Estação de Vostok, na Antártida, -89,2ºC (21/07/1983).
…quente: El Azizia, Líbia, 58ºC (13/09/1922).
…seco: Deserto de Atacama, no Chile, permaneceu sem chuvas do ano de 400 a 1971.

3 – Orgulho nacional

O maior rio em extensão do mundo fica no Brasil: é o Amazonas, com 7.025 km.

4 – Os países mais populosos do mundo são:

China: 1,34 bilhão
Índia: 1,2 bilhão
EUA: 313,2 milhões
Indonésia: 242 milhões
Brasil: 196 milhões
Paquistão: 176 milhões
Nigéria: 162 milhões
Bangladesh: 150 milhões
Rússia: 143 milhões
Japão: 126 milhões
Fonte: Organização das Nações Unidas (ONU) e Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA)

5 – A lenda por trás do nome de cada continente

Europa: Segundo a mitologia grega, Europa foi uma ninfa muito bonita que despertou os amores de Zeus, deus-rei do Olimpo.
Oceania: Oceano, o deus dos rios, deu origem ao nome Oceania.
Ásia: nome da filha do deus Oceano, considerada mãe das fontes e dos rios.
África: é uma deusa que carrega um chifre numa das mãos e um escorpião na outra.
América: único dos continentes cujo nome tem origem pagã, inspirado no explorador Américo Vespúcio. E, porque todos os outros têm nomenclaturas femininas, Américo virou América.

Antártida

Os mistérios do continente mais frio do mundo

• O continente localizado no polo sul, também chamado de Antártica, possui o tamanho de um Brasil e meio e de quase duas Europas.

• Mais de 2/3 da água doce do mundo está ali, só que sempre em forma de gelo – líquida não há uma gota sequer. Se toda essa água congelada derretesse, seria possível abastecer todas as cidades do mundo por um milhão de anos.

• É o lugar mais frio do planeta. Em 21 de julho de 1983, na base Vostok, a temperatura baixou a incríveis 89,6 graus negativos. Um recorde mundial.

• No verão, praticamente não há noites. Já no inverno, é o dia que não amanhece. Nas áreas próximas ao polo terrestre, o sol brilha por 6 meses consecutivos. Por outro lado, em maio o continente escurece, só voltando a ver luz em outubro.

• Por causa do vento, o tempo muda a todo instante. Em menos de uma hora, é comum abrir o sol, nublar, chover, ventar e até nevar.

• Apesar de ser composto basicamente de gelo, é um dos lugares mais secos do planeta. No interior do continente, chove apenas 140 milímetros por ano. Menos que no deserto do Saara!

• A camada de gelo chega a ter 4.700 metros de espessura – o equivalente a 12 Pães de Açúcar (o famoso morro no Rio de Janeiro). E, no meio do gelo, há microbolhas de oxigênio que podem contar a História da humanidade. Um exemplo? A menos de 10 metros de profundidade, encontram-se vestígios da bomba atômica que devastou Hiroshima, no Japão, em 1945.

• Lança ao mar cerca de 4 bilhões de toneladas de gelo por ano.

• No inverno, por causa do congelamento do mar, o continente muda de tamanho e fica uma vez e meia maior – quase o tamanho da África.

• É o único continente do planeta que não tem população nativa nem permanente. O primeiro cidadão da Antártida só nasceu em 1978.

• Tem o ponto mais inacessível do mundo. Fica entre montanhas, a 3.720 metros de altitude, nas coordenadas 82º06′ Sul e 54º58′ Leste.

• É o último reduto de ar 100% puro do globo. E, porque a poluição não existe na Antártida, a visibilidade no continente engana. Lá, o distante parece mais próximo.

• É o mais alto de todos os continentes, com montanhas de, em média, 2.040 metros. A Europa, por exemplo, fica cerca de seis vezes mais abaixo.